Você procura desculpas para deixar as coisas inacabadas? - O Infinito Nas Mãos Você procura desculpas para deixar as coisas inacabadas? - O Infinito Nas Mãos

9 de abril de 2020

Você procura desculpas para deixar as coisas inacabadas?


Há momentos que damos desculpas para tarefas incompletas e negócios inacabados. Nos auto-sabotamos quando nos sentimos derrotados, criamos conspirações contra nós mesmos ou até chegamos a culpar outros por não progredirmos.

É que quando temos medo nos movemos baseados nesse medo, quando sentimos raiva reagimos a ela. Quando estamos com preguiça aí que mal começamos. Assim criamos as desculpas para abandonar nossos objetivos.
 Parece conveniente esquecermos que tudo que nos chega é resposta de nossas próprias ações 
Reconheça tudo que deixou de fazer, dizer e de completar.

Hoje vou terminar o post de uma forma diferente. Vou deixar aqui uma história bíblica que ilustra bem o tema, quando Jesus encorajou um deficiente a terminar o que começou. 

João 5 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

A Cura Junto ao Tanque de Betesda

5 Algum tempo depois, Jesus subiu a Jerusalém para uma festa dos judeus. 2 Há em Jerusalém, perto da porta das Ovelhas, um tanque que, em aramaico, é chamado Betesda, tendo cinco entradas em volta. 3 Ali costumava ficar grande número de pessoas doentes e inválidas: cegos, mancos e paralíticos. Eles esperavam um movimento nas águas. 4 De vez em quando descia um anjo do Senhor e agitava as águas. O primeiro que entrasse no tanque, depois de agitadas as águas, era curado de qualquer doença que tivesse. 5 Um dos que estavam ali era paralítico fazia trinta e oito anos. 6 Quando o viu deitado e soube que ele vivia naquele estado durante tanto tempo, Jesus lhe perguntou: “Você quer ser curado?”

7 Disse o paralítico: “Senhor, não tenho ninguém que me ajude a entrar no tanque quando a água é agitada. Enquanto estou tentando entrar, outro chega antes de mim”.

8 Então Jesus lhe disse: “Levante-se! Pegue a sua maca e ande”. 9 Imediatamente o homem ficou curado, pegou a maca e começou a andar.

Isso aconteceu num sábado, 10 e, por essa razão, os judeus disseram ao homem que havia sido curado: “Hoje é sábado, não lhe é permitido carregar a maca”.

11 Mas ele respondeu: “O homem que me curou me disse: ‘Pegue a sua maca e ande’”.

Yvie
lutando para finalizar aquilo que começa.
Foto: www.eyeem.com

Um comentário: