Resenha do Livro "Falando O Mais Rápido Que Posso" Lauren Graham - O Infinito Nas Mãos Resenha do Livro "Falando O Mais Rápido Que Posso" Lauren Graham - O Infinito Nas Mãos

14 de abril de 2019

Resenha do Livro "Falando O Mais Rápido Que Posso" Lauren Graham


Olá Galera do O Infinito Nas Mãos,
hoje o post é tão especial para mim, porque é sobre o livro da Lauren que
é uma atriz que sou muito fã!
Confesso que tem um problema...já tem um tempão que eu devorei o livro, então vou contar à vocês apenas algumas coisas guardadas no coração.


Algumas Curiosidades:

Lauren tinha 31 anos quando recebeu o roteiro de Gilmore Girls pela primeira vez, mas ela estava aguardando uma resposta sobre a outra série que ela estava fazendo (M.Y.O.B.), se teria uma segunda temporada. Mas Lauren não leu o roteiro com medo de morrer de amores e acabar não podendo fazer depois.

Quando você lê o livro, parece que você está escutando Lorelai falar de tão rápida, inteligente e divertida que Lauren é.

É emocionante demais tudo o que ela fala sobre o Ed
"Ed Herrmann tinha falecido no inverno anterior. Sabe quando uma pessoa tem uma presença tão marcante que você simplesmente sente que ela está alí? Você entra em um lugar e, antes de qualquer coisa, você sente que ela está presente? Ed era assim. Sua presença era tão grande e amorosa quanto ele. Consequentemente sua presença também era muito palpável...O lugar estava muito diferente sem a voz retumbante e o riso fácil que ele tinha. Kelly falou com Ed no primeiro dia no set. 'Ed? Nós sabemos que você está aqui. Sentimos sua falta', disse ela deixando todos emocionados."

Lauren nos conta também que o clima parecia ter sido escalado para a série também de tão mágico!
Até surgiu um inverno fora de época contribuindo para as gravações.

Sabia que Lauren prefere usar bicicleta para se locomover pelo set ao invés da van que eles disponibilizam?


Pequenas coincidências como a etiqueta da blusa de Lorelai está escrito "Lorelei Two"

Lauren tem o hábito de perder as coisas no estúdio. Ela as vezes esconde coisas atrás de almofadas, por exemplo, e acabava esquecendo onde colocou. Então ela tinha o costume de perder os roteiros e como forme de brincadeira quando entregavam o roteiro à ela escreviam "LG#4" como se ela já tivesse perdido 3 cópias antes daquela hahahaha
"Não sei se é o monólogo mais longo da televisão, como Amy e eu discutimos na época, mas o discurso que faço sobre o Richard no final do episódio certamente é o maior que já interpretei. Também acho que é uma homenagem linda que a Amy fez tanto para o Richard quanto para o Ed. O episódio inteiro é emocionante e, quando a leitura termina, todo mundo está destruído."

Lauren adorava colocar familiares e amigos para participar do revival nem que seja na figuração.

Obs: Voltei mais para os fãs da série mas no livro ela fala sobre família, amores, como foi viver de teatro e em um barco.

Termino o post comentando a sensação mágica de ler  Lauren descrevendo a cena sem diálogo(coisa rara na série) da noite antes do casamento de Lauren e Luke no Revival. Ela diz que as pessoas no estúdio começaram a se reunir perto do monitor para assistir. Realmente ficou lindo demais!


Obrigada por estarem aqui no blog, espero que tenham gostado do post
e agora é só torcer para ter uma segunda temporada do REVIVAL.

PS: A LAUREN FALA MUITAS VEZES "VOCÊS NOTARAM QUE AQUELE FINAL FICOU  MEIO ABERTO"

2 comentários:

  1. Eu AMO Gilmore Girls, ate hoje assisto na Netflix, só pra lembrar S2 é uma delícia!
    Tô animada pra ler o livro da Lauren <3
    renatavarelaescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma delícia né? Rê, depois que você ler conta o que achou? :) obrigada por comentar, volte sempre! :*

      Excluir