Entrevista com a autora Mariana Balbino - O Infinito Nas Mãos Entrevista com a autora Mariana Balbino - O Infinito Nas Mãos

14 de outubro de 2018

Entrevista com a autora Mariana Balbino



 Olá galera do O Infinito Nas Mãos!
Ano passado realizei o sonho de ir à Bienal, eu não fiquei muito tempo, MAS foi tempo suficiente para conhecer a Mariana Balbino.
Fiz um vídeo com ela pro canal e agora vocês irão ler uma entrevista mais detalhada sobre como é ser uma autora, sobre o livro dela e além disso ela vai dar dicas :D

Veeeeeeemmmmm comiiiiigo...



Como você se formou em uma área diferente, você acredita que todos somos capazes de escrever uma boa estória?

Então, pra não ficar meio esquisito, digo logo que me formei em publicidade e propaganda. O curso é habilitação da graduação de comunicação social e é um curso altamente criativo, talvez por isso que eu o escolhi. E por mais distante que esteja do mundo da literatura, eu precisava extravasar minha criatividade de alguma forma.
Acho que todo mundo tem potencial pra escrever uma história. Toda mente é criativa e só precisa ser estimulada de alguma forma. Então, sim, eu acredito que todos são capazes de escrever excelentes estórias.


Que livro você gostava de ler quando criança?



 Harry Potter, A droga da Obediência e um que eu não consigo lembrar o nome de Natal, era incrível esse livro. Eu o amava tanto. Ah! Fora os Gibis da Turma da Mônica que eu devo ter uns cinco milhões.


Qual o último livro que leu?
O último que li foi o da Bela Dias chamado Os últimos Dias. Me apaixonei por esse livro e meu sonho de princesa é que todos os professores de literatura pudessem passar esse livro para os alunos de ensino fundamental e médio. Eu mesma precisava desse livro com 14 anos para desenvolver empatia e compaixão.



Sobre o que é "Existe Amor no Carnaval"? 

 Ele é uma história de amor. Mas de amor em suas maneiras mais complexas. Mesmo que o pilar da história seja a um casal, contada de maneira cômica por uma personagem que tinha tudo pra ser complexa, mas é completamente impulsiva. Acho que todas as histórias de amor devem ser contadas e essa é uma, apesar de ficção, trago uma personagem que é feita de amor da cabeça aos pés.
Conto a história da Julia, uma jovem extremamente impulsiva e cheia de amor. O livro é contato a partir do ponto de vista dela e para saber mais entra lá no site que tem o booktrailer do livro.



O que te inspirou a escrevê-lo?

Eu sou muito observadora. Olho pessoas na rua, dou nome, crio histórias pra suas vidas, presto atenção nas conversas e sou louca por quebra cabeças. Olho pessoas no Instagram e as vejo dando vida a um personagem,.


A Bienal é um lugar mágico para quem ama livro, né? Como foi a decisão e a preparação para ir divulgar seu livro?

Foi uma loucura. Ao mesmo tempo foi incrível e extremamente cansativo. Acredito que um trabalho duro e bem feito gera resultados positivíssimos. E estamos aí pra isso. Vou a bienal desde criança (ou feto) e amo aquele lugar, amo conhecer autores e talvez o momento mais mágico foi conhecer minha autora favorita. A decisão de ir foi de última hora, foi uma correria, minha editora comprou meu barulho e me levou.
Bom, eu sou publicitária, então as estratégias de divulgação foram brainstorming na sala de casa, visto que eu estava desempregada na época, com pais sensacionais que investiram tempo e dinheiro em mim. Amo vocês.

O quê de importante as pessoas que querem escrever um livro costumam não saber?

 É um mercado muito doido porque livro é um produto de compra de impulso e não significa que a pessoa que compra vai ler o seu livro naquele momento. Mas deixemos as questões técnicas pra depois. Quando o EANC ficou pronto, eu pesquisei o que fazer. E o que eu digo pra todo mundo é: REGISTRA TEU FILHO. Ninguém existe sem certidão de nascimento, ela evita que merdas aconteçam. Depois, precisamos buscar editoras. Eu tive muita sorte de me apaixonar pela editora que estou e de gostar muito deles. Tive sorte de encontrar uma editora que é justa com os autores e de me sentir família deles.
 
Qual sua opinião à respeito de youtubers e atores mirins publicarem livros?


Eu não vou ser hipócrita de achar que sou melhor ou pior que eles. Penso que há muita publicidade em torno desse mundo e sim, eles precisam explorar todas as formas de vender cada vez mais. Mas acima de tudo, eu acho muito válido que mesmo sendo biografias ou histórias feitas/criadas por eles, a população brasileira está lendo. Nenhum livro pode ser menosprezado.

Você está escrevendo algum livro agora? Se está pode contar um pouquinho sobre pra gente?

Hahahahaha. Estou escrevendo a continuação de EANC, um livro e um conto. Nada mais poderá ser dito.


Você pode indicar um livro incrível que marcou sua vida e explicar o porquê?
Posso indicar vários. Eu amo a saga de A Rainha Vermelha e Harry Potter, mas Jogos Vorazes mexeu muito comigo, com a minha forma de pensar e de como vivemos.

E aí? Curtiram a entrevista? Eu achei o máximo!
Quero agradecer a Mariana e desejar muito sucesso.

Para você que quer comprar o livro dela é só clicar no link a seguir:

https://caixadepandorabooks.lojaintegrada.com.br/existe-amor-no-carnaval


Agradeço por virem ao blog e espero que vocês voltem porque vou trazer muitas novidades!

XOXO,




Nenhum comentário:

Postar um comentário